search menu flickr twitter phone angle-left angle-right angle-up angle-down file-pdf link-ext doc-inv sitemap location map calendar credit-card clock facebook-squared minus plus cancel ok instagramm download inkwell

Ruas para resposta e recuperação da pandemia da NACTO-GDCI agora disponível em 7 idiomas, oferecendo a cidades ao redor do mundo novas fontes de informações para enfrentar a crise da COVID-19

Em constante evolução, o documento destaca os esforços recentes das cidades para repensar o desenho das ruas em resposta à pandemia.

 

16 de setembro de 2020 | Para publicação imediata

Contato: Annah MacKenzie | annah@nacto.org

O Global Designing Cities Initiative (GDCI), um programa da National Association of City Transportation Officials (NACTO), lançou hoje a tradução do Ruas para resposta e recuperação da pandemia em. Lançado em maio de 2020 como parte do COVID-19 Resources da NACTO-GDCI, este documento compila práticas emergentes de cidades em todo o mundo e inclui informações sobre a implantação de tratamentos relacionados ao desenho de ruas para recuperação e resposta rápida à COVID-19.

Durante esta crise sem precedentes, prefeituras e secretarias de transportes em todo o mundo tiveram que agir de forma rápida e criativa para garantir a saúde e a segurança de seus moradores, principalmente trabalhadores essenciais e membros de grupos sociais historicamente desfavorecidos. Descrevendo experiências e práticas emergentes de Milão a Bogotá, de Amsterdã a Auckland, Ruas para resposta e recuperação da pandemia fornece às cidades estratégias rápidas e de baixo custo para responder a questões urgentes da pandemia da COVID-19 e aos esforços de recuperação global. A versão atual apresenta ações e intervenções organizadas em 15 áreas temáticas: serviços essenciais, gestão de velocidades, extensão de calçadas, travessias seguras, ruas calmas, ruas abertas/para recreação, ciclofaixas, faixas de transporte público, acesso e paradas de transporte público, carga/descarga e embarque/desembarque de passageiros, refeições ao ar livre, feiras/mercados, ruas para protestos, ruas com escolas, e reuniões e eventos.

“No âmbito dos transportes, a resposta à pandemia é o esboço de uma nova abordagem para as cidades e sobre para quem e para quê se desenham as ruas,” disse Janette Sadik-Khan, chair da NACTO e diretora na Bloomberg Associates. “A tradução deste guia ajudará as cidades a transpor estratégias de desenho urbano inovadoras e econômicas que surgiram ao redor do mundo e podem apoiar a recuperação global.”

“Agora, mais do que nunca, as ruas urbanas precisam atender mais pessoas e servir a mais funções em um espaço que segue limitado”, disse Skye Duncan, diretora da NACTO-GDCI. “Com as recentes traduções do Ruas para resposta e recuperação da pandemia da NACTO, esperamos que mais cidades possam se inspirar pelas práticas emergentes internacionais e planejar ações com base em seu contexto, regulamentos e recursos locais”.

“Estamos muito satisfeitos em ver que vários esforços, mesmo ousados para a realidade brasileira, foram incluídos neste guia”, disse Roberto Claudio, prefeito de Fortaleza, destacando que este é um momento para as cidades se apoiarem e aprenderem umas com as outras. “A tradução de Ruas para resposta e recuperação da pandemia para o português nos permite trazer mais vozes, de mais cidades, para as conversas sobre ruas seguras e recuperação sustentável”.

“A pandemia da COVID-19 forçou Milão a fazer mudanças rápidas em nossa infraestrutura para pedestres e ciclistas que estavam em discussão há quase uma década, incluindo a implementação de uma ciclofaixa protegida de 4,5 km ao longo da nossa linha de metrô mais movimentada”, comentou Pierfrancesco Maran, vice-prefeito de Planejamento Urbano de Milão. “Para ajudar restaurantes e bares, também ampliamos a possibilidade de dispor várias ruas para mesas e cadeiras para que as pessoas possam aproveitar a cidade com segurança, e estamos trabalhando por uma ‘cidade de 15 minutos’, como outras cidades do mundo, a exemplo de Paris, Londres e Nova York. Essas transformações nas ruas continuarão melhorando a qualidade de vida dos moradores muito depois da pandemia ter passado, e acreditamos que as lições que aprendemos mostrarão às cidades ao redor do mundo a importância do planejamento para as pessoas”.

“Na Nova Zelândia, desenvolvemos programas inovadores e projetos de urbanismo tático para tornar nossas ruas mais seguras e habitáveis para todos”, contou Julie Anne Genter, ministra associada dos Transportes, ministra associada da Saúde e ministra da Mulher na Nova Zelândia. “Especialmente durante a COVID-19, deslocamentos a pé e de bicicleta precisam ser apoiados como opções de mobilidade preferenciais, e fontes abertas de informação, como o Ruas para resposta e recuperação da pandemia da NACTO-GDCI, são fundamentais para ajudar as cidades e os departamentos de transporte a enfrentar novos desafios à medida que surgem em diferentes estágios durante esta pandemia”.

“Com a propagação da pandemia da COVID-19, a importância da adaptação espacial das ruas para várias necessidades, centrada no ser humano, tornou-se ainda mais crítica”, explicou Kizo Hisamoto, prefeito de Kobe. “Ruas para resposta e recuperação da pandemia é essencialmente útil na criação do espaço urbano para a era pós COVID-19. Ao promover o ‘Kobe Biomedical Innovation Cluster’ e defender a cidade centrada no ser humano, temos o prazer de fazer referência a essa fonte de informações”.

“Como uma ferramenta valiosa para aprender sobre as ações realizadas em diferentes partes do mundo em resposta à COVID-19, o guia desenvolvido pela NACTO-GDCI fornece o suporte técnico necessário para adaptá-lo às nossas cidades”, disse Nicolás Estupiñan, secretário de Mobilidade de Bogotá. “Esta pandemia mudou a forma como nos socializamos e nos movemos, e ofereceu tanto um desafio quanto uma oportunidade para as cidades repensarem suas ruas e oferecerem às pessoas melhores condições de mobilidade. Sem dúvida, com a versão em espanhol, esse guia se torna uma ferramenta para fortalecer a construção de cidades seguras e saudáveis”.

Ruas para resposta e recuperação da pandemia foi financiado pela Bloomberg Philanthropies e desenvolvido pela NACTO, Global Designing Cities Initiative da NACTO, Bloomberg Associates, Street Plans e Sam Schwartz Consulting. As traduções foram asseguradas pela NACTO-GDCI e estão disponíveis para download gratuito no site da GDCI em globaldesigningcities.org.

عربي >
English >
Italiano >
日本語 >
Português >
Español >
Türkçe >

###

Sobre a National Association of City Transportation Officials (NACTO)

A NACTO é uma associação de 86 prefeituras e departamentos de transporte público de grandes cidades norte-americanas formada para trocar ideias, percepções e práticas de transporte e abordar cooperativamente as questões de transporte a nível nacional. A missão da organização é construir cidades como lugares adequados para as pessoas, com opções de transporte seguras, sustentáveis, acessíveis e equitativas que contribuam para uma economia forte e uma qualidade de vida vibrante. Para saber mais, visite nacto.org ou siga-nos no Twitter em @NACTO.

Sobre a Global Designing Cities Initiative (GDCI) da NACTO

Lançada em 2014 como um programa da National Association of City Transportation Officials (NACTO), a Global Designing Cities Initiative concentra-se em transformar as ruas para inspirar cidades seguras, sustentáveis e saudáveis. O trabalho da GDCI é embasado pelas estratégias e melhores práticas internacionais registradas no Guia Global de Desenho de Ruas. Para saber mais, visite globaldesigningcities.org ou siga-nos no Twitter em @globalstreets.

Share this: